Violência contra o idoso: uma meta-síntese

Carolina Carvalho Bolsoni, Thays Berger Conceição, Sheila Rubia Lindner, Elza Berger Salema Coelho

Resumo


Com o intuito de conhecer o universo que existe na dinâmica da violência contra os idosos, este estudo se propôs realizar uma meta-síntese acerca de artigos científicos qualitativos dos últimos 20 anos sobre o perfil dos agressores e o dos idosos agredidos, bem como as concepções que os idosos têm sobre maus-tratos. O presente estudo iniciou-se pela busca de artigos publicados em revistas indexadas nas bases de dados LILACS, SCIelo, Pubmed e PSYCinfo, acessados em 2015. Os descritores escolhidos para realizar a busca nas bases de dados LILACS E SCIelo foram “maus-tratos ao idoso” e, nas bases Pubmed e PSYCinfo, foram “Elder abuse”. Dentre todas as bases de dados, foram encontrados 2523 artigos. Depois de utilizados os critérios de inclusão e exclusão, foram selecionados 8 artigos. Constatou-se que pesquisas qualitativas que abordam o tema violência contra o idoso são escassas tanto na literatura nacional como na internacional, principalmente quando comparadas às pesquisas quantitativas. Algumas questões merecem destaque por serem diferentes do que geralmente se encontra na literatura. Uma delas diz respeito a como os homens, ao se tornarem viúvos, ficam mais propensos a sofrer algum tipo de violência. Outro ponto relevante trazido é a questão da influência da cultura na normalização da violência, a qual está presente no cotidiano de todos na forma de falta de respeito e desvalorização dos idosos, de modo que são considerados incapazes e desnecessários à sociedade. 


Palavras-chave


Violência, Violência Doméstica, Maus-Tratos ao Idoso

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.