Avaliação do processo de trabalho dos nutricionistas dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família do Meio Oeste de Santa Catarina

Dalvan Antonio de Campos, Marcelo Vieira, Rodrigo Otávio Moretti-Pires

Resumo


A Atenção Básica de Saúde (AB) tem como principal estratégia a Equipe de Saúde da Família (eSF). Já que o escopo dessa estratégia não conseguia suprir as necessidades de saúde, foram criados os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) pelo Ministério da Saúde a fim de promover apoio e ampliar o escopo da AB. Com essa nova estratégia o Nutricionista é inserido na Atenção Básica, sendo o principal responsável pela área de alimentação e nutrição. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o processo de trabalho dos nutricionistas dos NASF das Secretarias de Desenvolvimento Regional (SDR) de Concórdia e Joaçaba. A pesquisa foi realizada nos municípios (n=6) das SDRs que contavam com nutricionista no NASF e aceitaram participar do estudo. Trata-se de uma pesquisa avaliativa com informações qualitativas. Para coleta dos dados com nutricionistas das equipes NASF (n=6) e enfermeiros e médicos das eSF (n=6), foram feitas entrevistas individuais com roteiro semiestruturado. As entrevistas foram transcritas na íntegra e para análise dos dados utilizou-se Grounded Theory. O processo de trabalho dos nutricionistas avaliados possui um deslocamento importante para atividades voltadas à população, quando comparadas com as atividades realizadas com e para as equipes. Além disso, pode-se perceber que as ações de alimentação e nutrição ainda pautam-se na lógica fragmentada de saúde estando focadas no atendimento ambulatorial do nutricionista.

Palavras-chave


Avaliação; Inovação Organizacional; Atenção Primária à Saúde; Saúde da Família

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.